A minha Lista de blogues

quinta-feira, julho 03, 2008

Mutantes?

Estes são os meus moranguinhos descendentes de uns morangueiros que plantei há anos. São pequeninos mas muito saborosos, coma acidez e sabor próprio dos morangos normais.



Estes apareceram este ano. São estranhos. Crescem virados para cima e as sépalas são diferentes. São muito bonitos e decorativos mas não sabem a morango, são adocicados, não têm acidez nenhuma e são um bocado balofos como os morangos tufados que agora aparecem no mercado. No entanto nascem das extensões dos morangueiros. Porque será?

8 comentários:

Ankh disse...

Podem não servir para saborear mas, servem para alegrar o jardim e a vista!

Tão engraçados, assim espetadinhos para cima! Parecem flores gordinhas...
Nunca tinha visto....

ameixa seca disse...

São interessantes. Mas são morangos na mesma. Acho que é a evolução :) Nós também passamos a andar erectos ;)

sula disse...

amiga, adorei ver seus moranguinhos, já cultivei em aptº, e eram lindos, mas depois morreram, amo morangos, beijus.

Green Womyn disse...

Comprei minha primeiras mudas de morango por esses dias. Adorei este blog!

greentea disse...

tenho morangueiros destes espalhados por tudo o que é sitio e ainda hoje os colhi - têm um ligeiro travo a uva moragueira, são pequeninos mas cheiram tão bem e espalham-se facilmentepelos vasos sem estar a fazer mudas ...

Ana Patudos disse...

São morangueiros de jardim e não são comestiveis, são só decorativos.
Fotos lindas como sempre por aqui.
abraço
Ana Paula

Jardineira aprendiz disse...

Creio que não são morangos, mas sim outra espécie. O meu irmão também os tem, mas não sei grande coisa sobre eles.

TONINHO disse...

Existem inumeras variedades de morangos e esses são morangos silvestres que apesar de poderem ser comidos, a pouco sabem...
No entanto as aves de capoeira, quando soltas pelo campo, adoram debicalos.

Em Lisboa, quando eu ainda era um menino, existia um jardim que em vez de relva, tinha este tipo de morangos a cobrir todo o chão e era lindo de ser ver quando davam os frutos bem vermelhinhos e todas as crianças os comiam pela graça apesar de a textura ser estranha e a nada saberem.