A minha Lista de blogues

domingo, março 02, 2008

História trágico felina - Iº Capítulo

Era uma vez....
Uma gatinha linda chamada Furmiga Vivia feliz em casa da sua dona e família.
Um dia este gato a quem chamámos Pirata começou a rondar a casa. Pensámos que era mais um pretendente e até simpatizámos com ele. Chegou mesmo a comer da comida das nossas gatas.


Mas não era quem nós pensávamos. Quando a Furmiga teve a sua ninhada este gato entrou pela janela, foi ao sítio onde estavam os três gatinhos, abocanhou e fugiu com um deles, que nem chegámos a ver bem. Era preto e era suposto ser filho dele. Apanhou-nos de surpresa, não conseguimos fazer nada. Ela foi atrás mas voltou sózinha....


Ficaram só estes dois que não tiveram melhor sorte. A partir daí começámos a ter cuidado para não deixar nada aberto por onde ele pudesse entrar. Mas um dia esqueci-me de avisar a minha amiguinha de 8 anos, que veio ver os gatinhos, de que tinha de fechar a porta da casa de banho e voltou a acontecer uma desgraça. O malvado voltou a entrar e abocanhou o riscadinho perante os gritos de aflição da minha amiga e da minha filha que ficaram horrorizadas. Ficou tudo cheio de sangue...
O 3º foi no dia em que me esqueci de avisar o senhor que veio cá fazer umas reparações. Quando cheguei, à noite encontrei-o morto atrás de umas caixas no vão das escadas onde a mãe o tinha escondido após o último rapto. Matou-os todos... Provávelmente não eram filhos dele....
Eu sabia que os leões faziam isso. Matam os filhotes das leoas que encontram no caminho para produzirem os seus próprios mas nunca tinha ouvido dizer que podia acontecer com os gatos.
E foi o que aconteceu. Passados uns dias ela voltou a ficar com o cio e deve-lhe ter perdoado porque voltou a aceitá-lo. Só que não foi só a ele....
Teve outros 3 filhotes, um parecido com ele os outros não.
Depois ponho as fotografias desses, no próximo capítulo.
Dedico esta história ao Gintoino, grande apreciador de gatos e à Ana Ramon, grande contadora de histórias. E aos outros todos amadores de bicharada e de plantas.



8 comentários:

gintoino disse...

Pois é, o mundo dos gatos tem, às vezes dessas crueldades para nós incompreensiveis. Obrigado pela decicatória ;-)

Ana Patudos disse...

A vida quiz que fosse assim. Os animais têm as suas regras.
Aproveito esta minha visita para te desejar um Feliz Dia Internacional da Mulher.
bjos
Ana Paula

Ezequiel Coelho disse...

As dedicatórias não poderiam ser melhor entregues!! :)

adam brown disse...

Hello I just entered before I have to leave to the airport, it's been very nice to meet you, if you want here is the site I told you about where I type some stuff and make good money (I work from home): here it is

adam brown disse...

Hello I just entered before I have to leave to the airport, it's been very nice to meet you, if you want here is the site I told you about where I type some stuff and make good money (I work from home): here it is

Anónimo disse...

Sei que já faz tempo isso,mas só conheci o blog hj,gatos machos matam os filhotes pra que as gatas entrem no cio logo.A melhor coisa a se fazer é castrar,a recuperação é rapida,diminui as chances da sua gata ter cancer(ninguem deseja um cancer pra ninguem) e nunca mais ela vai sofrer a perda de 3 filhos.

Anónimo disse...

Faz tempo o acontecido,mas só hj conheci o blog.
Gatos machos matam filhotes pra que as femeas entrem no cio logo.
A melhor coisa é castrar,a recuperação é super rapida(tenho 3 gatas,todas castradas)diminui muito a chance dela desenvolver cancer de mama(castrando antes do 1° cio,cai pra 1% de chance)e evita que ela sofra mais perdas,ñ é pq é um animal que ñ sente a perda dos filhos,imagino o desespero dela,coitada.Alem de diminuir muito os passeios pela rua,onde ela pode pegar AIDS felina(sim,isso existe pra eles tbm)e varias outras doenças que ñ tem cura.

Ana Maria B disse...

Obrigada,
A gatinha já está castrada há muito tempo. Apesar disso continua a saír muito e, neste momento, está desaparecida há 3 dias.